Fusões e Aquisições registam crescimento de 14% em Janeiro

O mercado transaccional português registou um total de 39 transacções e movimentou EUR 505,78 milhões de euros em Janeiro de 2022. Em termos sectoriais, o sector de Real Estate foi o mais activo, com 13 transacções, representando um crescimento de 86% em relação ao ano passado



O mercado transaccional português registou um total de 39 transacções e movimentou EUR 505,78 milhões de euros em Janeiro de 2022, no qual 56% do total das transacções possuem os valores revelados, de acordo com o relatório mensal do TTR em colaboração com o Intralinks.

Estes números representam um crescimento de 14% no número de transacções em comparação ao mesmo período de 2021, bem como um aumento de 17% do capital mobilizado.

Em termos sectoriais, o sector de Real Estate foi o mais activo em Janeiro, com 13 transacções, representando um crescimento de 86% em relação ao ano passado. Em segundo está o sector de Industry-Specific Software, com quatro operações.

No âmbito Cross-Border, quanto à número de transacções, os Estados Unidos foi o país que mais investiu em Portugal em Janeiro de 2022, contabilizando quatro transacções. Em segundo lugar está a Alemanha com três operações. As empresas portuguesas escolheram a Itália e os Estados Unidos como principal destino de investimento, com duas transacções cada. As aquisições estrangeiras no sector de Tecnologia e Internet aumentaram 66% em comparação ao mesmo período de 2021. Private Equity, Venture Capital e Asset Acquisitions

Em Janeiro de 2022, foi contabilizado uma transacção de Private Equity, a qual não teve o valor divulgado. Em Venture Capital, foram realizadas seis rodadas de investimentos com um total de 33 milhões de euros, representando uma diminuição de 14% no número de transacções, em relação a 2021.

No segmento de Asset Acquisitions, foram registadas 15 transacções com um valor de 262 milhões de euros, representando um aumento de 195% no capital mobilizado.

A transacção destacada pelo TTR em Janeiro de 2022 foi a conclusão da aquisição de um portfolio de energia eólica de 221 MW pela Onex Renewables, anteriormente detido pela EDP Renewables. O valor da transacção é de EUR 530m. A operação contou com a assessoria jurídica dos escritórios Cuatrecasas Portugal; Cuatrecasas España; e DLA Piper ABBC. Do lado financeiro, a transacção foi assessorada pelo Deloitte Portugal, o qual realizou uma due dilligence. Em relação a relação públicas, a LLYC assessorou.


Fonte: TTR;Construir.pt

10 views0 comments