• FINGESTE

A MUDANÇA DO ECOSSISTEMA BANCÁRIO

With Wix Blog, you’re not only sharing your voice with the world, you can also grow an active online community. That’s why the Wix blog comes with a built-in members area - so that readers can easily sign easily up to become members of your blog.



Em 2016 o desempenho global da indústria bancária foi aceitável, todavia tem sido afetada pelo aumento de plataformas não bancárias que visam as partes mais lucrativas da cadeia de valor bancária!

O setor bancário globalmente mostra muitos sinais de saúde renovada. A recuperação da crise financeira dá sinais, os stocks de capital foram reabastecidos e os bancos adotaram uma atitude de controlo sobre os custos. No entanto, os lucros permanecem evasivos. Pelo sétimo ano consecutivo, o ROE (Return On Equity) da indústria está preso numa faixa estreita, entre 8% e o valor de 10%. Além disso, as ações dos bancos estão a negociar com baixos múltiplos, sugerindo que os investidores estão preocupados com a rentabilidade futura do setor. Em várias regiões a linhas de negócios melhoraram. Alguns bancos estão a superar os resultados devido à clareza estratégica e execução implacável.

A recuperação da crise foi lenta. Na verdade, como nossos colegas mencionaram pela primeira vez na edição de 2015 deste relatório, a indústria está atolada numa rotina sem inspiração.

Porque o desempenho está ser tão difícil de mudar? Vários fatores são responsáveis, começando por uma desaceleração no crescimento das receitas dos bancos . Embora a linha de tendência mostre uma inclinação ascendente, o fato é que o crescimento da receita diminuiu dramaticamente: entre 2015 e 2016, a taxa foi de 3%, metade dos cinco anos anteriores.

Os novos bancos digitais também estão a ter um impacto no desempenho, particularmente ameaçando a relação do cliente e a erosão da margem nos segmentos de retalho. As margens continuam a cair em todo o mundo. Na China, por exemplo, caíram 35% base nos últimos dois anos, levando a rentabilidade dos bancos para muito perto dos 6,7% do ROE. Na América do Norte, as margens diminuíram 46%, reduzindo o ROE em 4,1%. Os bancos também estão a perder a participação em alguns segmentos especialmente nos mercados emergentes.

E há um novo concorrente de peso... as empresas web-based de intermediação financeira, com modelos de negócio bem mais simples, escaláveis...

Ou seja, o desempenho da banca melhorou mas o modelo de negócio tem que mudar rapidamente, pois nas areas mais rentáveis os bancos estão a ter muita concorrência, liderada por empresas mais competitivas. No futuro o negócio da banca vai seguramente ser diferente. Provavelmente os bancos do futuro terão um mix de receitas maior pro serviços de agentes de segurança fiduciária, segurança de informação, compliance do que por financiamento.



#lisbon #fingeste #news #blog

0 views

follow us

  • Blog - Fingeste
  • LinkedIn - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle

© 2019 Todos os direitos reservados. Criado por 2M - Marketing e Publicidade

Logo Fingeste_White _Direita.png